facebook

Agora é só curtir!

twitter

Siga-nos!

YouTube

Assista nossos videos!

Artigos

O papel do líder cooperativo no trabalho

Uma equipe é um grupo de indivíduos com habilidades, conhecimentos e interesses específicos que permitem que os membros contribuam para..

A- A+

Publicado: 10/05/2015 às 03h46min | Atualizado 10/05/2015 às 04h00min

Uma equipe é um grupo de indivíduos com habilidades, conhecimentos e interesses específicos que permitem que os membros contribuam para a realização de um propósito comum.

O líder cooperativista estuda um sistema de processamento produzindo saídas e soluções de problemas, decisões, planos estratégicos, políticas, desempenho financeiro, gestão de pessoas, qualidade no atendimento, etc., para um usuário, outra equipe ou para seus próprios membros. Os resultados de alta qualidade são prováveis porque a ideia geradora e os processos de avaliação usados pelos grupos podem produzir resultados que geralmente não são possíveis com a simples combinação de ideias e esforços das pessoas trabalhando sozinhas. Essa sinergia de ideias é apoiada pela possibilidade que os indivíduos têm de ver que o sucesso do grupo depende da contribuição e cooperação de cada pessoa. O comportamento das pessoas nos grupos pode ser mais difícil de administrar do que seus comportamentos como indivíduos.

A força do grupo vem da diversidade dos pontos de vista, das formações e do conhecimento especial dos membros individuais. Essas diferenças podem ser uma fonte de disfunção se não existirem controles para orientar o comportamento das pessoas na mesma direção. Neste sentido o papel do líder cooperativo é fundamental. O líder cooperativo, quando apoiado pelas ferramentas do sistema, pode contribuir decisivamente para e redução dos problemas relacionados aos fatores humanos, comumente encontrados em desenvolvimento de grupos. A tecnologia, a cultura organizacional ou mesmo o ambiente não poderão garantir o sucesso do trabalho cooperativo. O investimento mais complexo e difícil, mas não o mais caro é o preparo das pessoas para o trabalho em grupo cooperativo.

O trabalho em grupo é influenciado basicamente pelos seguintes elementos:

• A qualidade do indivíduo;

• Relação entre indivíduos como membros do grupo;

• A estrutura do grupo;

• O ambiente no qual o grupo executa suas tarefas ou funções;

• As tarefas e situações a serem executadas pelo grupo;

• O comportamento do grupo com a fixação de tarefas.

Tais elementos deverão ser tratados de forma a aumentar a capacidade do grupo de trabalhar em cooperação. Para tanto há a necessidade de contarmos com o papel do líder cooperativo, que terá a tarefa de ajudar os membros do grupo a executar suas tarefas de forma cooperativa. O líder cooperativo deverá mostrar a cada indivíduo que embora este possa não ter um beneficio imediato e visível, ele o terá num contexto mais global como beneficio para o grupo e consequentemente beneficiando o indivíduo.

• Como elemento de fora do grupo;

• Como membro do grupo, mas com funções diferentes dos demais;

• Como membro do grupo e participando das tarefas do grupo.

Para os três casos acima devemos considerar em primeiro lugar a possibilidade do líder cooperativo não fazer parte do grupo estando numa posição superior aos membros do grupo. Esta situação é vista quando o líder cooperativo vem de fora da empresa, é um elemento novo que está sendo designado para facilitar o trabalho do grupo e inseri-lo no time. O novo elemento estará agindo como um assistente do grupo e de seus membros no sentido de alcançar os objetivos e não terá nenhum crédito nas tarefas elaboradas pelo grupo. Uma segunda hipótese será aquela em que o líder cooperativo será assumido por um membro da empresa destacado para esse papel, tendo como vantagem o conhecimento da cultura organizacional e as pessoas que compõem a estrutura da empresa, porém já adaptado aos vícios organizacionais existentes.

O líder cooperativo precisa apresentar atributos que o capacite a gerenciar um grupo de trabalho com vistas ao trabalho cooperativo assistido por computador. Esses atributos podem ser divididos em quadro grupos:

• Competência Pessoal

• Competência Tecnológica

• Competência Gerencial

• Competência Social

Este líder que coopera que age junto com o time e para o time deve apresentar um alto nível de inteligência para gerenciar as complexidades inerentes ao trabalho cooperativo. Saber lidar com a inteligência emocional de forma perspicácia na interpretação de pessoas e de seus sentimentos não verbalizados, prevendo as reações das pessoas ao que podem dizer ou fazer, contato com o moral e o ambiente de trabalho e ciente da dinâmica interpessoal e política entre as pessoas da organização.

No desenvolvimento pessoal este lider precisa estar apto a defrontar novas situações e aprender fazendo. Ter a flexibilidade e disposição para levar em consideração outros pontos de vista. Este profissional deve estar sempre em contato com sua equipe, sendo o espelho para seus comandados.

Colaboração:

WALMIR ÉTORI – PALESTRANTE, ESCRITOR, HUMORISTA E MÁGICO COOPERATIVISTA.

WhatsApp 69 9987 6840


Escreva um comentário