Rede TV! Rondônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto RedetvRO
Cidades

MPC pede paralisação no edital de concorrência pública

No documento o edital da maneira que foi escrito restringe a competitividade entre as empresas apontando inclusive falhas ortográficas.

Por REDE TV
A- A+

Publicado: 27/05/2019 às 15h24min

Se preferir, ouça a versão em áudio
0:00/ 0:00

Desde que a gestão do ex-prefeito de Porto Velho Mauro Nazif do PSP tem que ter em 2015 a caducidade do transporte coletivo dando por encerrado o contrato com as entidades prestadoras o portovelhense tem sentido diariamente o peso de um transporte defasado.

Atualmente as empresas Amazontur e ideal mantidas pela metropolitana de tenho serviço operando nas duas com 91 veículos na última semana essa página tinha tudo para ter um final feliz para o 58 mil usuários que os utilizam ônibus coletivo até o ministério público de contas do tribunal de contas do Estado barrarem o processo.

O processo licitatório veio parar aqui no ministério público de contas que pediu a paralisação imediata do edital de concorrência pública, alegando que as falhas encontradas no documento são graves o suficiente para impedir o andamento do processo.

No documento a conselheira Érica Patrícia de Oliveira alegou que o edital da maneira que foi escrito restringe a competitividade entre as empresas apontando inclusive falhas ortográficas.

De acordo com o secretário Newton conquista e a prefeitura já realizou a apresentação das informações solicitadas pelos órgãos tanto tribunal de contas do Estado quanto ministério público de contas com base nisso o município aguardo a resposta pelas instituições e dependendo de qual for o processo licitatório terá que começar do zero.

CONFIRA A REPORTAGEM NA INTEGRA:


Escreva um comentário