Rede TV! Rondônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto RedetvRO
Política

Governo já fez quase 4 mil km de asfalto em RO desde 2011

Na Capital, o governo firmou compromisso de asfaltar 150 km de ruas...

Por Assessoria
A- A+

Publicado: 20/12/2017 às 10h06min

Asfaltamento do Anel Viário executado com maquinário e servidores próprios do DER

Mais de 950 quilômetros de asfalto foram construídos pelo governo de Rondônia entre janeiro de 2011 e dezembro de 2017, com a pavimentação de rodovias e o asfaltamento de mais de 1.500 ruas, garantindo a melhoria da infraestrutura nos 52 municípios do estado. Nestes números não estão inclusos as restaurações de rodovias e nem recapeamento de asfalto urbano, mas apenas às obras novas.

Todos os projetos citados foram executados por meio do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), seja por empresas contratadas ou por administração direta (executada com servidores e maquinários próprios). No total, mais de R$ 650 milhões de investimento nestes sete anos.

Os números da Coordenadoria de Obras do DER apontam que nos últimos sete anos foram realizados mais de 650 quilômetros de pavimentação de vias urbanas e 300 km de asfaltamento de rodovias. As obras de pavimentação urbana fazem parte do Projeto Asfalto Bom, implantado pelo governador Confúcio Moura para atender os 52 municípios de Rondônia. Este foi o maior programa de asfaltamento de viras urbanas já realizado pelo governo de Rondônia, e ainda está em execução em diversas cidades como Porto Velho, Jaru, Mirante da Serra, Cerejeiras e Corumbiara.

Pavimentação de Rodovias

Nos projetos de asfaltamento de rodovias o governo de Rondônia está próximo de concretizar um marco: deixar os 52 municípios com acesso asfaltado. Hoje, apenas Pimenteiras e Campo Novo ainda não estão seus acessos totalmente pavimentados, mas as obras estão em andamento e serão concluídas em 2018.

Asfaltamento da BR-421, no acesso a Campo Novo

Outra obra importante para o desenvolvimento regional é o asfaltamento da RO-257 ligando Ariquemes ao distrito do 5º BEC, em Machadinho D’ Oeste, com 72 km de extensão  e na etapa final. O governo também está concluindo a pavimentação do Anel Viário de Ji-Paraná, com 13,5 km. Na região de Porto Velho foi iniciado o projeto da Estrada da Penal (31 km), e da Rodovia Expresso Porto (ao lado das Irmãs Marcelinas e do Hospital do Câncer).

Para  chegar ao número de 300 km de asfalto em rodovias, o governo asfaltou: RO-
267 (Castanheiras – 31 km); RO-458 (Triunfo – 29 km);  RO-491/492 (São Felipe a Parecis – conclusão de 9 km); Morro Chico Mendes em Ouro Preto – 3 km); acesso ao Ifro de Ariquemes – 3 km; acesso distrito Iata em Guajará-Mirim – 6 km; Rua da Beira em Porto Velho – 4 km; RO-135 (Alta Floresta à Vila Marcão – 18 km); Linha 90  (Acesso a Tancredópolis, em Alvorada – 4,8 km).
Linha 627 (acesso casas em Jaru –  2 km; RO-464 (acesso ao distrito de Tarilândia em Jaru – 60 km; RO-473 (Urupá a Alvorada 29 km).

Asfalto Bom

Com o Projeto Asfalto Bom o governo melhorou a qualidade de vida da população rondoniense nos 52 municípios. Cidades como Cabixi, Rio Crespo e Teixeirópolis ficaram com 100% de asfaltadas. Ariquemes deve se tornar em 2018 a primeira cidade de grande porte com todas as suas ruas pavimentadas, com o apoio do DER. Localidades que não havia sequer um palmo de asfalto também foram beneficiadas, como União Bandeirantes, distante 160 km de Porto Velho.

Na Capital, o governo firmou compromisso de asfaltar 150 km de ruas. Para isso, montou uma estrutura diferenciada, com usina de asfalto quente, uma fábrica de manilhas e a implantação da Coordenadoria de Ações Urbanísticas (CAU). Os bairros atendidos pela DER recebem drenagem, asfalto, meio fio, sarjeta e calçadas.

O município de Rolim de Moura recebeu 22 km no início do Projeto Asfalto Bom e agora outros 12 km estão em execução e ainda tem projetos para mais de 30 km em 2018. A cidade de Vilhena foi beneficiada com 20 km e outros 26 km estão em fase de projeto. “Estes são apenas alguns exemplos dos benefícios governo estadual nos municípios”, destacou o diretor-geral do DER, Ezequiel Neiva.

Usinas de asfalto

A montagem de uma estrutura própria para começar asfaltar rodovias e vias urbanas com maquinário, equipamentos e servidores próprios é apontada pelo DER como diferencial a partir do ano de 2011.

O governo fez a aquisição de quatro usinas de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), o conhecido asfalto quente; e também comprou duas usinas de aplicação de microrevestimento asfáltico para a restauração das rodovias estaduais. Também fez a compra de minicarregadeiras bobcat e de uma recicladora de asfalto.

“O DER entrou numa nova era de modernidade. Já tínhamos muitas máquinas, mas estes novos equipamentos fizeram o diferencial. Os nossos servidores foram capacitados não precisam mais quebrar asfalto na picareta”, enfatizou o diretor-geral do DER, Ezequiel Neiva.

Anel Viário

Para o diretor do DER, o asfaltamento do Anel Viário de Ji-Paraná é considerado um marco para a gestão pública. Neiva frisa o governo rompeu contrato com a empresa contratada para fazer o Anel Viário, e que o DER assumiu a obra por administração direta. “Toda a capacidade técnica do governo está comprovada ali no Anel Viário. É uma obra diferenciada construída com o esforço dos servidores, passando pelo transporte do material, fabricação do asfalto e aplicação do material”, explicou.


Escreva um comentário