Rede TV! Rondônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto RedetvRO
Cidades

Família da grávida que morreu acusa médicos de negligência

O filho de Luciene nasceu com vida, está recebendo acompanhamento.

Por REDE TV
A- A+

Publicado: 05/08/2019 às 08h55min | Atualizado 07/08/2019 às 10h41min

Se preferir, ouça a versão em áudio
0:00/ 0:00

Em Porto Velho, a demora está sendo alegada como a causa mais provável da morte de uma mulher de 35 anos grávida, vítima era de Jacy Paraná e morreu na maternidade do HB.

Áudios enviados pela vítima narram os últimos momentos de uma mulher em trabalho de parto na maternidade do hospital de base.

Em mais um áudio, ela agora implora para que as vizinhas dela levem o caso ao conhecimento da Polícia, comunica ainda que está ficando sem ar e roxa.

Os áudios, um total de 5 foram gravados por Luciene Gomes, , 35 anos, moradora de Jacy Paraná, distante 88  quilômetros da capital Porto Velho.

A vítima deu entrada no hospital de base, Ary Pinheiro, no dia 28 de julho, ás 8 horas da noite, segundo consta em um dos três boletins de ocorrência, ela chegou à unidade em trabalho de parto transferida da maternidade municipal, ao dar entrada na maternidade do hospital de base, Luciene teria recebido atendimento médico, mas foi aconselhada para que voltasse para casa, a vítima chegou a comunicar aos médicos de que não queria ser submetida ao parto normal, pois havia tido complicações numa gravidez anterior, a família de Luciene e amigos não tem duvidas de que ela foi vitima de negligência médica.

O filho de Luciene nasceu com vida, está recebendo acompanhamento pela equipe multiprofissional de um hospital conveniado ao estado.

A secretária de estado da saúde emitiu uma nota onde lamenta o ocorrido e informa que está empenhada para apurar os fatos, comunica também que espera o quanto antes elucidar a situação e punir os envolvidos, caso sejam encontradas irregularidades.

CONFIRA A REPORTAGEM NA INTEGRA:


Escreva um comentário