Rede TV! Rondônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto RedetvRO
Cidades

Chamada Escolar 2018 tem lançamento oficial na Câmara

A Chamada Escolar acontece de 1º a 29 de outubro e tem por objetivo realizar o cadastramento de novas vagas no Ensino Público

A- A+

Publicado: 19/09/2018 às 11h24min

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou na última terça-feira,18, cerimônia de lançamento da campanha da Chamada Escolar 2018, cujo objetivo é fazer o levantamento da demanda de vagas na Rede Municipal de Ensino para o próximo ano. A cerimônia de lançamento da campanha foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores, durante a 29º Sessão Ordinária da Casa de Leis. Continuar lendo

A Chamada Escolar acontece de 1º a 29 de outubro e tem por objetivo realizar o cadastramento de novas vagas no Ensino Público para o ano letivo de 2019 visando o planejamento para atender a demanda escolar para o Ensino Infantil, Educação Fundamental e Educação de Jovens e Adultos – EJA, modalidades ofertadas pela Rede Municipal de Ensino. O público-alvo da campanha, portanto, são crianças de 0 a 5 anos, crianças e adolescentes de 6 a 14 anos, adolescentes acima de 15 anos e adultos que estão fora da escola.

A Secretaria de Educação realizará este cadastramento nas 33 instituições de ensino da Rede Municipal utilizando o Sistema Educar-Lex, tanto para o registro dos cadastros quanto para a efetivação das matrículas. Serão cadastrados alunos da última etapa da Pré-Escola (área urbana e rural) e do 5º ano do Ensino Fundamental (área Rural) que pretendam permanecer na Rede Municipal de Ensino; alunos da Pré-Escola matriculados em instituições particulares/conveniadas com idade de 5 anos completos ou a completar até 31 de dezembro deste ano candidatos ao ingresso do Ensino Fundamental público; crianças que não frequentaram a Pré-Escola e que tenham idade a partir dos 6 anos completos ou a completar até 31 de dezembro deste ano; crianças, adolescentes, jovens e adultos que se encontram fora da escola e que são candidatos a matricularem-se em escolas públicas em quaisquer das etapas da Educação Infantil e em quaisquer dos anos ou séries do Ensino Fundamental.

“Este é o momento em que o município se organiza para saber quem e quantos serão matriculados na Rede Municipal de Ensino no próximo ano. O sucesso da Chamada Escolar está justamente na mobilização da população, da sociedade em geral para que nos forneça estes dados, estas informações com a máxima precisão. Só assim podemos levantar a demanda e planejar o atendimento”, disse a secretária de Educação do Município, Leiva Custódio Pereira em sua fala na Câmara.

Leiva acaba de retornar de Brasília/DF onde estava, justamente, buscando soluções para as creches e escolas que tiveram obras iniciadas, mas estão ou paradas ou em ritmo tão lento que correm o sério risco de não serem entregues à população este ano.

“As informações que tivemos em Brasília é que o Governo Federal está com mais de 7 mil obras paradas em todo o País, sendo que destas, mas de 4 mil são da Educação, ou seja, o problema que estamos passando aqui em Ji-Paraná muitos municípios estão passando também. Aqui temos seis Centros de Educação Infantil e duas Escolas de Ensino Fundamental cujas obras podem não ser entregues a tempo para utilizá-los no próximo ano letivo. Os municípios não dão conta de tocar estas obras sozinhos”, explicou a Secretária.

O prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto aludiu à importância da participação da população na campanha de cadastramento da Chamada Escolar e destacou a parceria com a Câmara neste momento importante para a Educação ji-paranaense.

“Estamos lançando uma campanha publicitária no rádio, televisão e nas mídias digitais, porém, o que mais precisamos é da contribuição da sociedade. Precisamos que as pessoas participem deste processo e, aqueles que estão com filhos fora da escola ou os adultos que deixaram de estudar que procurem uma unidade de ensino do município. Essas informações são importantes para o todo o planejamento do Poder Municipal quanto os investimentos na educação”, ressaltou o prefeito.


Escreva um comentário