Rede TV! Rondônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto RedetvRO
Cidades

Cai número de inadimplentes apontam CNDL/SPC Brasil

Em fevereiro, a quantidade de consultas realizados foram superior ao mesmo mês de 2018. Dos 21.569 saltou para 24.877

Por REDE TV
A- A+

Publicado: 13/03/2019 às 16h55min | Atualizado 13/03/2019 às 17h43min

Se preferir, ouça a versão em áudio
0:00/ 0:00

(Foto: Destakjornal)Já o número de dívidas que foram retiradas do cadastro de inadimplência mediante pagamento cresceu 9,6% no acumulado em 12 meses

Com a retomada da economia a passos lentos, o cenário de recuperação de crédito entre os consumidores começa a dar sinais de melhora.

Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito ao Crédito (SPC Brasil) mostra que cresceu 11,5% o volume de brasileiros inadimplentes que regularizaram suas pendências e, que por isso, sairam do cadastro de devedores.

Os dados do Indicador de Recuperação de Crédito são de janeiro de 2019 e dizem respeito ao acumulado em 12 meses.

Do total de devedores que recuperaram crédito no mês passado

  • 41% Sudeste
  • 31% Nordeste
  • 11% Sul
  • 8% Centro-oeste
  • 6% Norte

Já o número de dívidas que foram retiradas do cadastro de inadimplência mediante pagamento cresceu 9,6% no acumulado em 12 meses. Há um ano, esse dado representava uma queda de 5,1%. O levantamento ainda mostra que entre os devedores que recuperaram crédito em janeiro, a maior parte (24%) tem entre 30 e 39 anos. Outros 22% estão na faixa de 50 a 64 anos e 13% possuem idade acima de 64 anos. O Indicador de Recuperação de Crédito aponta que não há diferença significativa entre os gêneros: 51% dos que pagaram as dívidas são mulheres, ao passo que 49% são homens.

 Em Ji-Paraná, a quantidade de registros ativos até o mês de Fevereiro foi de 53.049 pessoas, sendo que 5.131 pessoa jurídica e 47.918 pessoa física. Em termos de valores, as dívidas somam o montante de 69.842.261,00. Já nos últimos 6 meses, quanto a recuperação de crédito, 20% dos negativados pagaram suas contas em até 13 dias. 19% em até 19 dias e 12% em até 60 dias. O índice mostra que o percentual de consumidores quitando as dívidas em menos tempo é maior. Em relação a proteção de crédito, avaliando os meses de Janeiro e Fevereiro, 30% dos inadimplentes em Janeiro recuperaram o poder de compra no mês sequente. Em fevereiro, a quantidade de consultas realizados foram superior ao mesmo mês de 2018. Dos 21.569 saltou para 24.877.

Confira a reportagem na integra:

 

 

 

 

 


Escreva um comentário