#EuCurto RedetvRO

Cidades

Secretarias avançam em projeto de bem estar aos rondonienses

O governador Confúcio Moura ouviu explanação feita pelos representantes das Unidades Avançadas, que também são conhecidas como secretariais

Por Assessoria
A- A+

Publicado: 13/12/2017 às 08h03min

Confúcio Moura orientou os representantes das unidades regionais para que busquem soluções criativas

 

Os projetos em andamento nas 10 Unidades Avançadas de Planejamento e Gestão Regionais do governo estadual revelam o alinhamento com desenvolvimento na medida em que produzem meios para que as famílias rondonienses tenham melhor qualidade de vida. Foi esta a conclusão da reunião que avaliou, sexta-feira (8), e Ariquemes o quadro de atividades das regionais.

O governador Confúcio Moura ouviu explanação feita pelos representantes das Unidades Avançadas, que também são conhecidas como secretariais regionais. Ele elogiou o empenho de todos e indicou que a eventual falta de recursos para a concretização de determinados projetos exige soluções que estão disponíveis.

“Há dinheiro disponível nos fundos públicos e precisam ser utilizados. Eles servem para atender demandas de interesse popular”, recomendou Confúcio, para quem a gestão das unidades deve buscar também criatividade para ampliar a eficácia.

Entre os projetos apresentados está o Sou Conectado, da Unidade Unidade Regional Perola do Mamoré, que inclui Guajará-Mirim e Nova Mamoré, que vai tirar do isolamento as populações ribeirinhas e indígena através da internet e telefonia móvel.

A meta é utilizar células de comunicação instaladas em torres espalhadas pela região. O processo licitatório foi concluído e a empresa vencedora tem prazo de 30 dias para instalar os equipamentos.

Genilda Flores da Silva, a representantes da unidade, explica que o sistema vai contemplar comunidades isoladas do Vale do Guaporé. “Com a comunicação as populações terão mais informação, cultura e progresso’, defende ela.

Como participou da criação do projeto, Genilda explica que a iniciativa partiu da administração estadual e que o governador Confúcio Moura atuou diretamente para ajudar a superar diversos obstáculos, pois operadoras tradicionais não quiseram investir no projeto.

CLONAL

Outros projetos também revelaram a eficácia e o alcance social das empreitadas. A difusão do café clonal na região de Jaru, por exemplo, mostrou como a tecnologia oferecida a pequenos produtores abre perspectivas otimistas.

Diversos produtores familiares testemunharam, em vídeo, o quanto foram beneficiados com o projeto desenvolvido pela unidade da região.

Manoel Messias Pereira, do município de Machadinho do Oeste, agradeceu pelo apoio recebido e declarou que as informações recebidas transforram sua forma de trabalhar. “A tecnologia mostrou que é possível melhorar. Também aprendi que posso investir mais e com segurança de tiver a informação correta”, disse ele.

Algumas das unidades regionais ainda precisam de apoio, admitiu o secretário estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão, George Braga. Outras, se mantêm com a estrutura disponível. Em comum, todas carecem de, pelo menos, um administrador e um economista. Ele também orientou para que sejam utilizadas mão de obra de apenados e estagiários.

A constatação de que o trabalho realizado está contribuindo para a melhoria de vida das famílias emocionou o coordenador das Unidades Regionais, Natan Oliveira Costa. Depois de observar os números de pessoas contempladas pelos projetos em áreas que vão da assistência no campo à segurança nas escolas, passando pelo incentivo ao turismo.

Secretários das regionais do governo estadual

Segundo Natan, as articulações para dar dignidade às pessoas em situação vulnerável estão produzindo o efeito que o estado precisa.

“Um atrás tínhamos muitos sonhos e muito por fazer. Mas fomos orientados sobre os novos caminhos que precisavam ser trilhados e conseguimos realizar mais”, desabafou ele ao final do encontro.

CRIATIVIDADE

A representações do governo estadual são a presença do estado junto ao povo e o atendimento às demandas exige iniciativas locais, disse o governador Confúcio Moura ao encerrar a reunião.

Confúcio também insistiu que as carências devem ser supridas com criatividade, com soluções pontuais.

Ele concluiu dizendo que agindo assim o governo conseguiu fazer muito em plena crise econômica que afeta todo o país. “Temos muitas obras para entregar. Algumas são obras caras. E fizemos tudo isto superando as adversidades econômicas”, finalizou.

 


Escreva um comentário