Rede TV! Rondônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto RedetvRO
Cidades

Operação tapa-buracos será realizada na cidade de Jaru

O prefeito defendeu o início da operação tapa-buracos o mais rápido possível; Parcerias com o DER e o Governo são firmadas

Por Assessoria
A- A+

Publicado: 11/01/2017 às 07h32min

Reunião no gabinete do prefeito para as tratativas a respeito da operação tapa-buracos

Na última terça-feira (10), uma reunião na prefeitura de Jaru, entre autoridades, definiram-se os últimos detalhes para o início da mega operação tapa-buracos no município.

O prefeito de Jaru, João Gonçalves Júnior, juntamente com o vice-prefeito, Jeverson Lima, recebeu em seu gabinete, o deputado federal Lúcio Mosquini, o residente do Departamento de Estradas de Rondônia (DER) em Jaru, Paulo Barros, o gerente da usina de asfalto do DER, José Luiz de Souza Filho, o secretário municipal de obras, Michael da Silva Titon e o empresário João Gonçalves.

O prefeito defendeu o início da operação tapa-buracos o mais rápido possível. Segundo ele, as parcerias do governo do estado e do DER é muito importante. “Quero agradecer o deputado Lúcio Mosquini pelo empenho em somar forças com a prefeitura e  juntos melhorarmos Jaru, o diretor geral do DER, Ezequiel Neiva e o governador do estado, Confúcio Moura, que se colocaram a disposição para contribuírem com o município”, frisou.

O Chefe do executivo municipal informou que a operação começará na próxima segunda-feira (16). “Vamos deixar as nossas ruas e avenidas mais trafegáveis“, garantiu. Todo trabalho nessa operação será realizado em parceria da prefeitura de Jaru e do DER.

Durante a reunião ficou definido que ainda essa semana as equipes da secretaria de obras farão mapeamento dos pontos mais críticos, onde serão iniciadas a limpeza e a preparação para receber o tapa-buraco.

De acordo com o gerente da usina, nessa primeira etapa será aplicado o solo cimento. “Esse é um material feito a base de cascalho, cimento e brita, que tem como objetivo recuperar a base do asfalto e gera uma economia de até 60% . E na sequência, será aplicada a massa asfáltica”, explicou José Luiz.


Escreva um comentário