Rede TV! Rondônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto RedetvRO
Capital

Escola João Bento da Costa concorre ao Prêmio Gestão Escolar

Alunos do Projeto Terceirão começam logo no 1º ano do Ensino Médio com carga horária diferenciada das demais escolas

Por Decom
A- A+

Publicado: 11/10/2017 às 09h41min

Referência em aprovação de alunos em vestibulares, a Escola Estadual de Ensino Médio João bento da Costa, de Porto Velho, foi a vencedora da etapa estadual do Prêmio Gestão Escolar (PGE-2017), e agora concorre ao destaque regional, cujo resultado será divulgado durante evento que acontecerá nos dias 19 e 20 deste mês, em Rio Branco (AC). As primeiras colocadas nas cinco regiões brasileiras irão concorrer ao Prêmio Escola Referência Nacional no dia 6 de dezembro. A premiação consiste em R$ 30 mil concedidos pelo Concelho Nacional de Secretários de Educação (Consed), que promove o evento há 19 anos em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Alunos do Projeto Terceirão começam logo no 1º ano do Ensino Médio com carga horária diferenciada das demais escolas

No ano passado, a vencedora foi a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Marechal Rondon, de Vilhena, o que garantiu ao diretor Flávio Antônio da Graça uma viagem de Intercâmbio aos Estados Unidos.

De acordo com a coordenadora estadual do PGE, Elizabete Siqueira, Rondônia sempre tem garantido participação, e neste ano já se destacou em nível nacional como o segundo Estado que mais teve escolas inscritas, 318, o que equivale a 31% do total de 1.143 instituições de ensino público. O Estado que mais teve inscrições foi o Tocantins, com 401, ou 37,7% das 1.486. Em todo o País há 146.065  escolas públicas, mas apenas 4.119 concorreram.

“O prêmio é uma iniciativa do Consed que estimula as escolas públicas a se autoavaliarem e a elaborar um plano de gestão e de ação com a participação da comunidade escolar buscando ou promovendo as boas práticas de gestão, além de incentivar o intercâmbio ou a troca de experiências para o aprimoramento do processo ensino aprendizagem”, explicou a coordenadora, que atualmente também responde pela Diretoria Geral da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Até o ano passado, a premiação para o diretor da escola vencedora em nível nacional era uma viagem aos Estados Unidos, mas neste ano, com a mudança do presidente daquele País, a parceria não foi renovada, por isso a premiação consiste em R$ 30 mil para ser aplicados na melhoria da estrutura física e pedagógica da escola. Os gestores das escolas vencedoras na fase regional, cinco ao todo, inclusive o vencedor da fase nacional, ganharão uma viagem de intercâmbio para um País da América Latina, ainda não definido; enquanto os das escolas referência em nível estadual farão uma viagem para um Estado brasileiro, também a ser definido.


Escreva um comentário